REFLEXÕES DE UM POLICIAL

“Cogitationis poenam nemo patitur”

Atualizando as últimas postagens

leave a comment »

Sentir imensa falta desse espaço virtual e democrático, ultimamente me encontro atarefado tocando um projeto pessoal, o que vem consumindo demasiado tempo deste post, porém irei dar continuidade as nossas postagens sobre segurança pública e outros fatos correlativos. Em minhas últimas postagens, deixei alguns assuntos pendentes, e agora gostaria de atualizar-los para que fique registrado o começo, o meio e a conclusão desses fatos:

1 – O escândalo no Instituto de criminalística do Pará continua dando o que falar. O ex-diretor Wanzeller não aceitou sua exoneração e resolveu denunciar desde policiais até o secretário de segurança pública do Pará. Agora o MP, a Assembléia Legislativa e a polícia civil estão apurando o caso. Já estou sentido os fatos meio dormentes, deve ser uma pizza de jambu.

2 – A CPI da pedofilia da Assembléia Legislativa, que investiga as acusações contra o Deputado Seffer e o irmão da Governadora Ana Júlia recebeu a visita da CPI do Senado que investiga casos de pedofilia no Brasil. Chegou fez barulho e foi embora, mas o objetivo foi alcançado – os seus membros ganharam um pouco mais de projeção política a custa da desgraça alheia. Enquanto isso, o MP pediu a decretação da prisão preventiva do Deputado Seffer, o que não foi aceito pelo judiciário (deputado tem imunidade parlamentar). Essa está com todos os ingredientes de uma PTzza de tomates vermelhos e verdes fritos.

3 – A violência não dá trégua no Estado – homicídio, roubos a bancos, invasões de propriedades rurais, pedofilia, etc. Enquanto isso o governo descaradamente vem fazendo campanha publicitária dizendo que a situação está sobre controle, que os índices de criminalidades estão diminuindo, etc. Essa eu vou ensinar de graça para o nosso secretário de segurança, quando a população tem uma baixa confiança nas polícias deixa de registrar ocorrência policial e aí fica parecendo que estamos vivendo em um país escandinavo, mas somente nas estatísticas policiais, pois na realidade estamos vivendo em um país que está sofrendo de uma epidemia de criminalidade e violência. O que poderíamos esperar de um lugar que o irmão da governadora e um dos deputados mais votados do Estado são acusados de pedofilia. Só falta mandar prender as crianças que estão “difamando” esses “santos”. Eta, 2010 que não chega logo!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: