REFLEXÕES DE UM POLICIAL

“Cogitationis poenam nemo patitur”

Uma sentença judicial em versos

with 2 comments

Acatando pedidos das advogadas Dras. Gioconda Canalonga Mattos e Regina Silvia Marques, o 1º Juíz de Direito Auxiliar, em substituição na 2º Vara da Comarca de Varginha/MG Dr. Ronaldo Tovani, proferiu memorável decisão em versos, determinando a soltura do ladrão de galinhas Alceu da Costa, residente em Carmo da Cachoeira/MG. As advogadas Gioconda Canalonga Mattos e Regina Silvia Marques, tomando conhecimento através de Delegado Juarez Moraes de Azevedo, que se encontrava preso na Cadeia Pública local, há trinta dias, um jovem de nome Alceu da Costa morador na cidade de Carmo da Cachoeira, processado pelo furto de duas galinhas e um saco plástico, resolveram defender o pobre réu. Penalizadas com a triste situação do jovem Alceu, as advogadas requereram que fossem concedidos ao réu os benefícios da Liberdade Provisória, tendo o Meritíssimo Juíz de Direito, Dr. Ronaldo Tovani, acatado o pedido, proferindo mesmo nível decisão, em versos, determinando a imediata soltura do preso. Eis na íntegra a decisão proferida pelo ilustre magistrado, que demonstra sua notável cultura e grande sensibilidade poética.

Comarca de Varginha – Estado de Minas Gerais

Autora: Justiça Pública Autos nº 3.069/87 – Criminal

Indiciado: Alceu da Costa, vulgo “Rolinha” Visto, etc

O jovem Alceu da Costa conhecido por “Rolinha” aproveitou a madrugada resolveu sair da linha subtraindo de outrem duas saborosas galinhas

Apanhando um saco plástico que ali mesmo encontrou o agente, muito esperto escondeu o que furtou deixando o local do crime da maneira como entrou

O senhor Gabriel Osório homem de muito tato notando que havia sido vítima de um grave ato procurou a autoridade para relatar-lhe o fato

Antes a notícia do crime a Polícia Militar atendendo a ordem expressa do delegado titular não pensou em outra coisa senão em capturar

E depois de algum trabalho o larápio foi encontrado estava no “bar do Pedrinho” quando foi capturado; não esboçou reação sendo conduzido então à frente do delegado

Perguntaram sobre o furto que havia cometido respondeu Alceu da Costa bastante extrovertido: “desde quando furto é crime neste Brasil de bandido?”

Antes tão forte argumento calou-se o delegado, mas por dever de seu cargo o flagrante foi lavrado recolhido à cadeia aquele pobre coitado.

E hoje passado um mês de corrida a prisão chega-me as mãos o inquérito que me parte o coração: solto ou deixo preso, esse mísero ladrão?

Soltá-lo – decisão que a nossa lei refuta, pois todos sabem que a lei é prá pobre, preto e p… por isso peço a Deus que norteie minha conduta.

E é muito justa a lição do pai destas alterosas, não deve ficar na prisão quem furtou duas penosas se lá também não estão presas pessoas bem mais charmosas como das fraudes do INAMPS das ferrovias engenhosas.

Afinal não é tão grave aquilo que Alceu fez pois nunca foi do governo nem seqüestrou Martinez e muito menos do GAB participou alguma vez.

Desta forma é que concedo a esse homem de simplória com base no OPP (Ordem de Prisão Preventiva) liberdade provisória para que volte pra casa e passe a viver na glória.

Se virar homem honesto e sair dessa sua trilha permaneça em Cachoeira ao lado de sua família devendo se ao contrário, mudar-se para Brasília.

Written by Claudio Marino F Dias

02/23/2009 às 18:46

Publicado em segurança pública

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Prezado amigo do Para,

    escrevo para parabenizar seu trabalho e para registrar aqui meu grande respeito pela classe a qual representas.

    Vossa atitude de manter este canal é bom sinal e reforça minha certeza de que a PM, se tivesse acesso a maiores e melhores condições de trabalho, no ambito humano e técnico, com um salario mais digno, dminuiria ainda mais a criminalidade e forneceria mais segurança ainda a nós cidadãos. Eu tenho um irmão PM aqui em SP e sei o quanto é arriscado e sacrificado o trabalho de um PM. Um respeitoso abraço ao meu irmão do Para.

    Mario Celso de Moraes

    03/20/2009 at 3:24

  2. Obrigado pela visita, volte sempre.
    Que Deus nos proteja a todos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: